Fale conosco
Investimentos

Primeiro empreendimento: motivos para começar com uma franquia

Abrir um negócio não é tarefa fácil. Mas quem nunca parou para pensar qual seria o seu primeiro empreendimento?

Uma pesquisa encomendada pela Herbalife mostrou que quase 8 em cada 10 brasileiros sonham em empreender.

Deixar de ser funcionário de uma empresa está na cabeça de milhares de pessoas que olham para o mercado em busca de uma oportunidade de ter mais flexibilidade de horário, aumentar a satisfação profissional, seguir uma paixão ou ser o próprio chefe e faturar mais.

Mas você sabia que, no Brasil, 60% dos empreendimentos vão à falência antes dos 5 anos de atividade?

Os principais problemas que levam a isso são erros inaugurais, que podem ser evitados se o primeiro empreendimento for uma franquia, com marca, padrões e processos já definidos.

Todo negócio precisa de uma atenção especial no início. No entanto, é possível investir em projetos já consolidados para encurtar o caminho para o sucesso.

Os desafios do primeiro empreendimento

A busca por liberdade, autonomia e flexibilidade de horários são os principais motivos para investir em um negócio próprio.

Ao mesmo tempo, um dos maiores desafios de um empreendedor iniciante é lidar com o medo de investir o seu dinheiro em um sonho e ele acabar virando um pesadelo.

Abaixo estão alguns dos fatores que dificultam a abertura de um novo negócio:

Começar uma marca do zero

Além da vontade de empreender, o início de um novo negócio necessita de muitas coisas. O trabalho começa com uma ideia, claro, mas precisa ser seguido pela análise de público-alvo e concorrentes.

Depois disso, com os dados na mão, é preciso criar a personalidade da marca, escolher um nome, uma logo, um slogan, aprender a precificar o produto ou serviço, para então dar início ao projeto.

Dependendo da empresa que se deseja criar, ainda é necessário criar todo o processo de logística e administrativo, ficar atento às questões legais, contratar pessoal e escolher o melhor espaço físico. Tudo isso sozinho.

Desenvolver o conhecimento do segmento

Outra tarefa importante de um primeiro empreendimento é desenvolver o conhecimento sobre o segmento de negócio escolhido.

Mesmo que o empreendedor venha de uma empresa do mesmo ramo, nem todas as informações estarão à mão.

Nesse ponto, é necessário compreender as necessidades dos futuros clientes. É possível que haja a necessidade de realizar pesquisas de mercado para desenvolver a ideia de negócio o mais adequadamente possível.

Além disso, uma face importante de um primeiro empreendimento é ter um bom networking, o que pode levar bastante tempo para se consolidar, principalmente para empreendedores novatos.

Falta de experiência com empreendimento

Além das dificuldades com o segmento em si, um fator que pode derrubar um primeiro empreendimento é a falta de experiência com gestão de negócios.

O dono de uma empresa precisa ter atenção a diversas áreas como marketing, finanças, logística, mercado, economia e afins e mesmo que não seja o responsável pela área, precisa saber demandar as ações de terceiros.

A gestão de negócio, neste sentido, não é uma única habilidade, mas um conjunto de conhecimentos que fazem o empreendedor criar metas e objetivos possíveis de serem realizados a curto, médio e longo prazo.

4 motivos para começar com uma franquia e evitar estes problemas

Dentro do exposto, cabe dizer que o franchising, composto pelas redes de franquias, é um setor que se mostra mais estável do que os negócios fora desse modelo de negócios.

Mesmo em 2020, com a crise sanitária de Covid-19 no Brasil, o franchising faturou mais de R$167 bilhões no ano.

Outros segmentos sofreram mais durante o período. A indústria em geral, por exemplo, recuou mais de 18% no mesmo período.

Além disso, as franquias estão em todos os segmentos de negócios. Veja alguns motivos para começar com uma franquia:

1. Marca consolidada

Ao investir em uma franquia, a marca já tem uma reputação no mercado, os produtos já são conhecidos e aprovados pelos clientes.

Esse é um fator importante, porque o empreendimento inicia podendo vender os serviços e produtos em larga escala, sem ter a preocupação de provar o valor do produto para o público.

No entanto, há uma questão que precisa ser levada em consideração na hora de escolher a marca para investir: quanto mais conhecida é a marca, maior é o investimento, mas também geralmente mais alto é o lucro também.

2. Processos estruturados

As franquias começam a expansão com um plano de negócios bem estruturado. Os processos operacionais e gerenciais do negócio chegam estruturados para o franqueado.

Além disso, muitas redes de franquia também passam para o investidor alguns processos estruturados de apoio e suporte, como a organização de recursos humanos ou de tecnologia da informação em processos internos.

3. know-how vindo do franqueador

Quando investe em uma franquia, o franqueado não precisa desbravar todo o negócio. Boa parte das informações chegam prontas, incluindo sugestão de fornecedores e até mesmo ajuda para escolher o ponto comercial.

O franqueado também se responsabiliza por passar informações administrativas, financeiras e, em alguns casos, até mesmo jurídicas.

As fórmulas secretas, tecnologias e procedimentos que estão envolvidos no negócio também são passados ao franqueado.

4. Suporte constante

O franqueado faz parte de uma rede e recebe constantemente informações e formações do franqueador.

Além disso, tem contato com diversos outros empreendedores de um mesmo negócio, podendo ter acesso aos erros e acertos vindos de várias perspectivas. O networking também fica garantido.

Conclusão

Em resumo, investir em uma franquia é muito menos arriscado para um primeiro empreendimento.

Ao se escolher uma franquia como primeiro empreendimento, muitas variáveis são mitigadas.

A própria estimativa de lucro, por exemplo, é apresentada pelo franqueador com base em outras unidades franqueadas.

Para decidir criar um negócio do zero ou investir em uma franquia é preciso muito estudo, elencar prós e contras e colocar os gastos no papel.

Mas, se você optar por fazer de uma franquia o seu primeiro empreendimento, pode contar com a 300 Franchising para te ajudar a encontrar a marca e o segmento que mais combina com você e suas expectativas.

Posts relacioandos

Acompanhe as melhores dicas sobre bons negócios

Ao navegar no site você estará concordando com a nossa política de privacidade e nossos termos de uso.

Aceito